Malu Mulher, 40 anos depois

Por Heloísa Noronha, Universa UOL

Assídua telespectadora de “Malu Mulher”, a psicoterapeuta e terapeuta de casais Carmen Cerqueira Cesar, de São Paulo (SP), reforça que a sociedade ainda era muito conservadora e que todos precisaram passar por um processo de reinvenção. “Havia ainda muitos preconceitos em relação à mulher, pois, embora já contássemos com avanços nas questões de gênero, ainda vivíamos numa sociedade machista e patriarcal. Tanto a mulher teve que se exercitar nesses novos papéis, como o de divorciada e trabalhadora, e aprender a lidar com a sua liberdade recém-conquistada, como os homens se viram diante de desafios e também tiveram que se reinventar. Para eles, o mundo virou de pernas para o ar. Foi difícil, mas acabou sendo bom para todos”, conclui…. ”

https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2019/05/24/malu-mulher-40-anos-depois-temas-abordados-na-serie-continuam-necessarios.htm

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s